Social Icons

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

Featured Posts

quinta-feira, 17 de abril de 2014

JUIZ INDEFERE CANDIDATURA DE LARISSA ROSADO EM MOSSORÓ

O registro da candidatura da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) à prefeitura de Mossoró foi indeferido pelo juiz José Herval Sampaio Júnior, da 33ª zona eleitoral. Larissa já havia sido considerada inelegível pela Justiça Eleitoral de primeira e segunda instâncias e, na última terça-feira (15/04), a ministra do TSE Laurita Vaz negou o pedido de liminar.
De acordo com Herval Sampaio, a decisão da ministra teve influência na questão do deferimento de candidatura. Segundo Laurita Vaz, não havia elementos suficientes para livrar a deputada da cassação do mandato de deputada e decretação de inelegibilidade.
A deputada estadual permanece no cargo até que o mérito sobre a cassação do seja julgado pelo TSE. Se a condenação for mantida, Larissa ficará inelegível até 2020 e perderá o cargo na Assembleia Legislativa. A punição foi causada por abuso no uso dos meios de comunicação durante as eleições de 2012.

Fonte: RN Politica em Dia

terça-feira, 15 de abril de 2014

RELATOS DA INSATISFAÇÃO DA GESTÃO DA PREFEITA BARAÚNA RN

Imagem da Internet

21 de março de 2014 08:46
Eles só querem deixar jogar no campo se for bacurau, eles não perceberam q no time de carlinhos nogueira existe 6 jogadores q votaram na mamãe e ontem chutaram o balde com este episódio!


31 de março de 2014 17:08
Amigo, Célia assumiu a Educação e o cotado para assumir a Saúde é Aurivan, a Energia do Hospital está com problema por irresponsabilidade dos contras pois deixaram a noite inteira o gerador ligado juntamente com a energia , então aconteceu um acumulo muito grande de energia aconteceu a explosão e danificou todo o setor do Hospital!


14 de abril de 2014 14:34
Amigo, no Hospital de Baraúna, não tem mais lençol para os pacientes e ninguém pode ter pneumonia pois a injeção é 30.00 reais e no hospital não tem, estão mandando a família comprar e trazer para o hospital para o paciente ser medicado isso aconteceu algumas vezes nesses últimos dias os funcionários sabem e no hospital quem quiser tomar água mineral tem que comprar.


Fonte: Facebook de João Edivan

PRINCIPAIS CANDIDATURAS POSSUEM PEDIDOS DE IMPUGNAÇÃO DE REGISTRO NA JUSTIÇA ELEITORAL

O Ministério Público e o prefeito interino Francisco José Júnior (PSD) entraram ontem com pedido de impugnação das candidaturas de Larissa Rosado (PSB) e Cláudia Regina (DEM). Com isso, os registros das três principais candidaturas a prefeito de Mossoró na eleição suplementar estão sob questionamento.
É que na semana passada Cláudia Regina entrou com uma ação de impugnação contra Francisco José Júnior, que, no entendimento dos advogados dela, deveria ter se afastado do cargo para participar da eleição suplementar.
Os advogados do prefeito interino alegaram semana passada que não foi cometida qualquer irregularidade ao seguir como candidato a prefeito no exercício do cargo.
Já Cláudia Regina tem o registro questionado por ter contra si 12 cassações e ser considerada a causadora do pleito suplementar, condenada, inclusive, a custear a eleição em curso.
Já Larissa foi cassada duas vezes numa única sentença. 
Tanto Cláudia como Larissa tentam reverter o quadro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sendo que a deputada estadual já entrou com um mandado de segurança para ter o registro de candidatura concedido.
O advogado de Cláudia Regina, Daniel Victor, admite que o pedido já era esperado, mas garante que a prefeita cumpre todos os requisitos de elegibilidade. "A respeito do fato do TSE haver expedido Resolução dispondo que 'o candidato que deu causa à anulação do pleito não pode participar das novas eleições', o que foi repetido na Resolução nº 003/2014 do TRE, estamos apresentando ao juiz eleitoral precedentes do próprio TSE que afirmam que essa vedação se aplica quando o próprio candidato praticou o ato que redundou na cassação, como pode ser verificado no RESPE nº 720/2013 que teve como relatora a ministra Laurita Vaz", frisou. 
Ele também argumentou que não há trânsito em julgado nos processos da prefeita afastada. "No caso de Cláudia, o próprio juiz eleitoral afirma nas decisões que nenhum dos atos que ele considerou ilícitos partiu da candidata, mas sempre de terceiros. Deve ser acrescentado que o Poder Judiciário não pode negar o direito de Cláudia Regina se candidatar, pois ainda há recursos pendentes de apreciação que podem levar à reforma das cassações. Aguardaremos a notificação para apresentação de defesa, certos de que a campanha da candidata seguirá normalmente, conforme previsto na Lei Eleitoral", concluiu.
O advogado de Larissa Rosado, Marcos Lanuce, segue na mesma linha de Daniel Victor. Admitiu que as ações não surpreendem por conta de declarações do promotor eleitoral Fábio Weimar Thé, mas garantiu que a candidatura de Larissa é juridicamente viável. "A gente confia na Justiça. O caso de Larissa é totalmente reversível e temos recursos para serem analisados", disse.
O causídico ainda lembrou que existem vários precedentes de pessoas em situações parecidas com a de Larissa que conseguiram sair vitoriosas do TSE. "Ela tem todas as condições jurídicas de ser candidata", destacou.

Fonte: Mossoroense

sábado, 12 de abril de 2014

LARISSA É NOTIFICADA SOBRE POSSIBILIDADE DE INDEFERIMENTO DE SUA CANDIDATURA

Imagem da Internet
A exemplo da candidata Cláudia Regina, do DEM, o juiz Herval Sampaio, da 33ª zona eleitoral, também intimou a deputada Larissa Rosado, candidata a prefeito pelo PSB na eleição suplementar de Mossoró, a defender a sua “elegibilidade”. 
Do contrário, ela poderá ter o registro da candidatura negado pela Justiça Eleitoral. 
Na notificação judicial à candidata, o magistrado estipula o prazo de 72 horas para que ela apresente sua defesa. Assim como no caso de Cláudia Regina, o prazo para Larissa encerra-se também na noite da próxima segunda-feira, 14. Veja teor da notificação judicial.

Lembrando _ Larissa teve os direitos políticos cassados por irregularidades cometidas quando candidata a prefeita de Mossoró, nas eleições municipais de 2012.

Fonte: Blog do Gutemberg Moura

quarta-feira, 9 de abril de 2014

PREFEITURA DE MOSSORÓ AMPLIA PROJETO DA BIC E LEVA BASE INTEGRADA PARA O ABOLIÇÃO IV

Serviço será realizado pela Municipalidade e Polícia Militar e já funciona sexta, 11

Além de fortalecer a Base Integrada Comunitária, na Estrada da Raiz, o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), anunciou, nesta quarta-feira (9), a implantação de mais uma BIC, desta feita no conjunto Abolição IV, bairro da zona Oeste da Cidade. 
Para tanto, o prefeito assinou um termo de parceria com o Comando da Polícia Militar. O ato foi assinado essa manhã no Palácio da Resistência - sede da Prefeitura de Mossoró. 
De acordo com o prefeito Francisco José, a BIC passará a funcionar a partir da próxima sexta-feira, 11, e não haverá inauguração.

- Como foi feito com a UPA do Belo Horizonte, a BIC passará a funcionar sem nenhuma inauguração -, disse o prefeito, destacando a importância do serviço para a população.

É bom lembrar que não é responsabilidade constitucional do Município cuidar da segurança pública. A obrigação é do Governo do Estado. Apesar disso, o prefeito empenha-se em ampliar o projeto da BIC, levando mais segurança á área do Abolição.

Fonte: Blog do Gutemberg Moura

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...