Social Icons

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

Featured Posts

domingo, 7 de setembro de 2014

UMA BRIGA DE "PAU E FACA" NA TARDE DE HOJE EM BARAÚNA TERMINOU COM UM MORTO E OUTRO FERIDO.


Depois de um breve e aparente momento de paz e tranquilidade, a violência voltou a dá o ar de sua graça na cidade de Baraúna no interior do Rio Grande do Norte. No final da tarde de hoje, 07 de Setembro, uma briga a base de faca e pau deixou o salto de um morto e outro internado em estado grave.
O Pau quebrou na Rua Adauto Bezerra Filho, no bairro Cinderela, depois de uma bebedeira no meio da rua. Rafael Carlos da Silva de 24 anos de idade foi atingido com uma cutilada de faca peixeira na região abdominal/Torácica e morreu no meio do caminho quando estrava sendo socorrido para Mossoró. Como ele morreu dentro da ambulância, a equipe retornou com o corpo para a cidade de Baraúna.

Outro Jovem conhecido apenas como “Marquinhos” chegou ao Tarcísio Maia todo moído de cacete. Bastante machucado, mas Marquinhos ainda estava vivo. Segundo informações foi uma confusão generalizada.


Fonte: O camara



sábado, 6 de setembro de 2014

HENRIQUE ALVES É CITADO PELO DOLEIRO YOUSSEF NO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO DA PETROBRÁS.

Preso em março pela Polícia Federal, sob a acusação de participar de um mega esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Youssef, o ex-diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras Paulo Roberto Costa aceitou recentemente os termos de um acordo de delação premiada – e começou a falar.
No prédio da PF em Curitiba, ele vem sendo interrogado por delegados e procuradores. Os depoimentos são registrados em vídeo — na metade da semana passada, já havia pelo menos 42 horas de gravação. Paulo Roberto acusa uma verdadeira constelação de participar do esquema de corrupção.
Entre eles estão os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), além do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA). Do Senado, Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP, e Romero Jucá (PMDB-RR), o eterno líder de qualquer governo. Já no grupo de deputados figuram o petista Cândido Vaccarezza (SP) e João Pizzolatti (SC), um dos mais ativos integrantes da bancada do PP na casa. O ex-ministro das Cidades e ex-deputado Mario Negromonte, também do PP, é outro citado por Paulo Roberto como destinatário da propina. Da lista de três “governadores” citados pelo ex-diretor, todos os políticos são de estados onde a Petrobras tem grandes projetos em curso: Sérgio Cabral (PMDB), ex-governador do Rio, Roseana Sarney (PMDB), atual governadora do Maranhão, e Eduardo Campos (PSB), ex-governador de Pernambuco e ex-candidato à Presidência da República morto no mês passado em um acidente aéreo.
Paulo Roberto também esmiúça a lógica que predominava na assinatura dos contratos bilionários da Petrobras – admitindo, pela primeira vez, que as empreiteiras contratadas pela companhia tinham, obrigatoriamente, que contribuir para um caixa paralelo cujo destino final eram partidos e políticos de diferentes partidos da base aliada do governo.
Sobre o PT, ele afirmou que o operador encarregado de fazer a ponte com o esquema era o tesoureiro nacional do partido, João Vaccari Neto, cujo nome já havia aparecidao nas investigações como personagem de negócios suspeitos do doleiro Alberto Youssef.

Conheça, nesta edição de VEJA, outros detalhes dos depoimentos que podem jogar o governo no centro de um escândalo de corrupção de proporções semelhantes às do mensalão.

Fonte: Jornal Hoje

domingo, 31 de agosto de 2014

OS FRACOS ESTÃO MOSTRANDO A CARA

Imagem da Internet
Os Contras estão mostrando uma lista de lideranças que vão ficar com a administração Luciana Oliveira, não vou cair nesta de divulgar o nome dos adesistas, mas o perfil deles já sabemos, eles são gatos e estão aboletados na prefeitura deste que Baraúna foi emancipada, são pessoas com quem convivemos no dia a dia, a divulgação dos seus nomes neste sítio me aumentaria a lista de desafetos políticos, agora se eles são lideranças e voces eleitores votaram neles, procurem eles e peçam empregos, pois tenho certeza que de graça ninguém muda de grupo, se os eleitores boicotassem estas lideranças, eles perderiam os valores e a administração dos Contras rejeitariam todos eles, nas esquinas estão sendo divulgadas as listas da adesões por empregos, dinheiro e outras vantagens mais, vamos fazer oposição e precisamos de soldados combatentes e valorosos, o que está em jogo é o destino de Baraúna, vou fazer oposição e muitas cobranças, vou mostrar os erros do governo, das pessoas que fazem este governo não, o povo conhece a história de todos eles, na política existe oposição e situação, tem lideranças que não aguentam o canto da sereia e vendem a alma, em outubro tem eleição e vamos logo dar o troco aos candidatos do Contras, os adesistas venderam nosso voto, mas esqueceram de combinar com o povo, bastidores não é para o povo, fica só entre aqueles que mandam no governo, agora o silêncio cúmplice de Isoares e Aldivon é que está muito a desejar, Tertinho ontem subiu no palanque de Robinson em Mossoró, tomou sua decisão, por ser o presidente da Casa do Povo vai ganhar dividendos políticos com os votos que serão dados a Robinson em Baraúna, tenho dito.

Fonte: Baraúna Noticias

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

VERDADE: DOIS PESOS...DUAS MEDIDAS...ALGO NÃO ESTÁ BATENDO...

Se os senhores se derem ao trabalho de averiguar os processos judiciais referente as eleições de 2012 em Baraúna atualmente em trâmite no TSE no gabinete do ministro Luix Fux, encontrará alguns indícios que evidenciam um total favorecimento a segunda colocada nas eleições Luciana Oliveira em detrimento do primeiro colocado Isoares Martins. Não é questão de opinião pessoal: é questão de fatos. Senão vejamos.

Ela possui três processos de cassação judicial concluídos pela primeira e segunda instâncias que seguiram para o TSE onde foram obtidas três liminares, uma para cada processo, mantendo a mesma no poder até o julgamento do mérito. Somente para se ter uma ideia vejamos a celeridade no

andamento desses processos para a segunda colocada que impressiona até os usuários do trem-bala japonês. Os dois últimos processos com pedido de liminares foram protocolados no TSE no mesmo dia 21/08 (quinta-feira passada) sendo um ( AC Nº 107143) as 12:32 h e outro ( AC Nº 107495) às 16:48 h. Pois bem. Pouco menos de 27 horas depois, as 18:02 h já era publicada a liminar decorrente da  AC Nº 107495 com parecer favorável do relator Luix Fux e assinada pela ministra Rosa Weber que estava de plantão. Já a AC Nº 107143, embora somente tenha sido publicada no dia 27/08, às 20:17 h, mas já estava assinada pelo ministro Luix Fux desde o dia 25/08 (segunda-feira). Se excluir o sábado e o domingo em que o TSE não funciona, temos aí duas decisões favoráveis tipo caldo de cana em pouco mais de 48 horas úteis para os dois processos. Uma celeridade jamais vista na justiça eleitoral em que normalmente se perde tempo analisando os processos, principalmente vindo de inúmeros municípios brasileiros. Mas o que chama mais atenção não é isso, até porque apesar de "estranho' essa celeridade toda, mas pode ser plenamente justificável. Agora injustificável é porque essa mesma celeridade não ocorre com relação



aos processos do primeiro colocado nas eleições baraunense Sr. Isoares Martins, por quem não tenho qualquer tipo de afeição política, mas que também deu entrada em uma ação cautelar (AC Nº 109571) em 25/08, às 11:59 h, referente ao mesmo pedido formulado pela segunda colocada (ou seja sua manutenção no poder enquanto aguarda o julgamento do mérito - tendo em vista que foi eleito em primeiro lugar nas eleições de 2012), e mesmo assim até hoje (29/08) sua decisão não saiu, nem mesmo para negar. Essa análise fria dos dados já indica que a justiça não está sendo feita de forma equânime e que a balança está pendendo somente para um lado. Algo realmente não está batendo. Seria interessante também que o ministro Luiz Fux tivesse também essa mesma "agilidade" para julgar o mérito dessas três ações de cassações da segunda colocada, embora os correligionários da segunda colocada clamam aos quatro ventos que esses processos sofrerão um estágio de "hibernação glacial' e que ela também será "absolvida" nesses mesmos três processos pelo mesmo ministro que dará seu parecer favorável como relator e enviará ao plenário da corte do TSE para julgamento. Da mesma forma eles asseguram que a liminar de Isoares será negada com certeza absoluta. Fica então a pergunta: o porquê de tanta certeza? aprendemos desde criança e na escola que a justiça é para todos, mas nesse caso específico as medidas estão diferenciadas...

Fonte: Baraúna Atual

GILSON PROFESSOR TEM PRISÃO DECRETADA PELO JUIZ DA COMARCA DE BARAÚNA RN

O juiz Claudio Mendes, de Barauna, determinou hoje, 29, a prisão do ex-prefeito Gilson Oliveira, marido da atual prefeita Luciana. 
Gilson é condenado a quase 30 anos de prisão por desvios. Ele também responde a processos na Justiça Federal. 

A ordem de prisão foi distribuída para que a Policia Civil conduza o preso condenado ao Presídio Estadual imediatamente!

Fonte: Facebook Cezar Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...